- PUBLICIDADE -

Vacinação obrigatória: Bolsonaro ironiza ameaça de Doria

Vacinação obrigatória: Bolsonaro ironiza ameaça de Doria

“Meu ministro da Saúde já disse claramente que não será obrigatória essa vacina e ponto final", diz Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -

O presidente da República, Jair Bolsonaro, conversou com apoiadores, na manhã desta segunda-feira (19), na parte externa do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Bolsonaro ironizou as declarações recentes do governador João Doria (PSDB), de São Paulo, que quer obrigar as pessoas do Estado a tomarem a vacina chinesa contra o coronavírus.

Durante a interação com os apoiadores, Bolsonaro disse que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, já foi enfático ao comentar sobre o assunto:

“Meu ministro da Saúde já disse claramente que não será obrigatória essa vacina e ponto final.”

Sem citar o nome de Doria, Bolsonaro acrescentou:

Tem um governador aí, que tá se intitulando o médico do Brasil, dizendo que ela será obrigatória. Repito que não será.”

O chefe do Executivo acrescentou que a vacina, depois de aprovada pelos órgãos competentes, será oferecida aos brasileiros de forma gratuita. Confira o vídeo.

https://youtu.be/qY373pKTmU4
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -