Muçulmanos atacam segunda sinagoga na Suécia após decisão de Trump sobre Jerusalém

No sábado (09), uma sinagoga na cidade de Gothenburg foi atacada com bombas caseiras.

O segundo ataque aconteceu em Malmo foi relatado pela mídia sueca Aftonbladet.

De acordo com a notícia, o templo judeu foi atacado com dois coquetéis molotov. Felizmente, não há informações sobre feridos.

A rádio sueca Sveriges informou que muçulmanos protestaram contra a decisão de Trump de transferir a embaixada dos EUA para Jerusalém com gritos ameaçadores:

Nós anunciamos uma Intifada em Malmö. Queremos nossa liberdade de volta e vamos atirar nos judeus.

Vários protestos antissemitas vêm acontecendo por toda Europa. Por exemplo, na Alemanha, um Ministro teve que vir a público condenar as manifestações.

Com informações de: (1)
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia