Vários policiais norte-americanos pedem demissão em Atlanta

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Os níveis de estresse dos policiais etão exacerbados pela exaustão física e emocional”, diz policial.

A polícia de Atlanta, nos Estados Unidos, confirmou que vários policiais da cidade renunciaram neste mês de junho em meio aos distúrbios violentos que assolam o país desde a morte de George Floyd, em Minneapolis.

O presidente e CEO da Fundação de Polícia de Atlanta afirmou que a moral das forças policiais “está no ponto mais baixo de todos os tempos”.

Emoções e níveis de estresse estão em níveis altos na cidade após o tiroteio que terminou com a morte de Rayshard Brooks na última sexta-feira.

Dave Wilkinson, presidente e CEO da Atlanta Police Foundation, declarou¹:

“Agora, estamos entrando na terceira semana consecutiva de protestos inabaláveis, nos quais os policiais trabalham em turnos de 12 horas, sete dias por semana. Como você pode imaginar, os níveis de estresse dos policiais estão exacerbados pela exaustão física e emocional.”

Em uma entrevista coletiva, o prefeito de Atlanta, Keisha Lance Bottoms, acrescentou:

“O moral está ruim no momento. Muita raiva e frustração são dirigidas a nossos policiais.”

Atlanta não é a única cidade norte-americana enfrentando um aumento no número de policiais pedindo demissão. Nós citamos o exemplo² de Minneapolis alguns dias atrás.

Na última segunda-feira (15), o chefe de polícia de Nova York (NYPD), Dermot Shea, anunciou que a unidade anticrime da cidade, composta por policiais à paisana, será completamente desmantelada³.

Referências: [1][2][3]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.