PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Vaticano está preocupado com projeto anti-homofobia na Itália

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Pedimos que nossas preocupações sejam ouvidas", diz carta do Vaticano à Itália.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Um projeto de lei em tramitação da Itália inclui a homofobia e a transfobia nos itens do Código Penal que punem atos de violência e discriminação por motivos raciais, étnicos ou religiosos.

O texto, que já foi aprovado pela Câmara dos Deputados em 2020, enfrenta obstrução de partidos alinhados à direita no Senado.

Agora, além das críticas políticas, o projeto enfrenta a oposição do Vaticano.

Na última sexta-feira (17), o secretário do Vaticano para Relações com os Estados, monsenhor Paul Gallagher, mandou uma carta à embaixada italiana na Santa Sé com comentários sobre o projeto.

De acordo com o jornal Corriere della Sera, Gallagher disse que a proposta viola o chamado “Concordato“, acordo de 1984 que regula as relações entre os dois países.

Entre os pontos contestados pela Santa Sé está o fato de que as escolas católicas não seriam isentas de participar do futuro Dia Nacional contra a Homofobia, data estabelecida na lei para lembrar as vítimas de discriminação na Itália. 

Além disso, o Vaticano está preocupado que seus sacerdotes passem a enfrentar consequências jurídicas pela expressão das próprias opiniões.

Pedimos que nossas preocupações sejam ouvidas“, diz a carta assinada por Gallagher.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.