Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Vazamento de dados de funcionários do TSE na mira da PF

TSE propõe voto distrital para vereador já em 2020
COMPARTILHE

“Polícia Federal está em busca do autor do acesso a esses dados”, diz ministro.

A Polícia Federal (PF) está investigando o vazamento de dados de servidores públicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, afirmou, neste domingo (15), que as análises preliminares apontam que o acesso às informações aconteceu antes de outubro deste ano e que os dados obtidos são “antigos”: 

“Dentro dessa investigação, já se sabe que os dados divulgados são dados antigos, do ano de 2001, então não são dados recentes, e que o acesso a esses dados ocorreu em data anterior a 23 de outubro deste ano. Ainda não temos precisão da data.”  

Mendonça acrescentou: 

“A Polícia Federal está em busca do autor do acesso a esses dados, da sua identificação e, logicamente, sua prisão.” 

 E completou: 

“Não foi apontada nenhuma relação [com a invasão dos sistemas do STJ] até o momento. A gente logicamente não pode descartar eventual possibilidade. Mas nenhum indicativo nesse sentido. Nada também que indique qualquer quebra da lisura do processo eleitoral.” 

O vazamento de dados de funcionários do TSE foi confirmado mais cedo pelo presidente da Corte, Luís Roberto Barroso

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários