Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Veja diz que jornalistas foram detidos por policiais na Bahia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Veja diz que jornalistas foram detidos por policiais na Bahia
COMPARTILHE

A última edição da revista trouxe fotos do corpo de miliciano que morreu em confronto com a polícia da Bahia.

Dois funcionários da revista Veja teriam sido detidos, nesta sexta-feira (14), por policiais da Bahia enquanto tentavam localizar uma testemunha-chave do caso envolvendo a morte do ex-capitão Adriano da Nóbrega

O repórter Hugo Marques e o repórter fotográfico Cristiano Mariz tentavam entrevistar o fazendeiro Leandro Abreu Guimarães, quando foram cercados por duas viaturas da Polícia Militar da Bahia. 

“Como é que vocês descobriram esse endereço?”, indagou várias vezes um dos soldados, segundo o relato da própria revista.

Os jornalistas receberam a ordem de seguir as viaturas até o distrito policial de Pojuca. Lá, as forças de segurança voltaram a questioná-los sobre o motivo da presença deles na cidade baiana. 

De acordo com a revista, um agente que se identificou como Sérgio Pinheiro informou a Veja que a detenção dos repórteres foi uma medida de segurança. 

“Eles estavam parados em frente à residência de uma testemunha desse caso aí”, justificou o policial, ainda segundo a Veja.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram