Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Veja e Greenwald de mãos dadas contra o ministro Moro

Veja e Greenwald de mãos dadas contra o ministro Moro
COMPARTILHE

Veja e Intercept formalizaram parceria nesta sexta-feira (5). Ao contrário da Globo, a Veja deu carta branca a Greenwald.

Em reportagem assinada pelo ativista norte-americano Glenn Greenwald, a revista Veja usa material obtido ilegalmente para atacar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, por sua atuação durante o período em que trabalhou como juiz da Operação Lava Jato.

A última edição da Veja — publicada nesta sexta-feira (5) — traz como matéria de capa um texto produzido em parceria com o site panfletário Intercept, com base no acervo de supostas mensagens privadas trocadas entre Moro e integrantes do Ministério Público Federal.

Durante duas semanas, jornalistas da Veja e do Intercept selecionaram os diálogos presentes na reportagem que, segundo a revista, “é a primeira em parceria” com o site de Greenwald.

A revista afirma que “pela leitura do material, fica evidente que as ordens do então juiz eram cumpridas à risca pelo Ministério Público e que ele se comportava como parte da equipe de investigação, uma espécie de técnico do time”.

Ainda de acordo com a Veja, as mensagens obtidas através de um ataque cibernético contra autoridades brasileiras revelam de “forma cabal como exorbitava de suas funções de juiz, comandando as ações dos procuradores na Lava Jato”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE