Vendas no varejo dos EUA registram alta recorde em maio

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O bom resultado recupera apenas uma fração da histórica queda em março e abril devido ao coronavírus.

Com as medidas restritivas sendo revogadas em vários Estados, as vendas no varejo nos Estados Unidos registraram alta recorde no mês de maio.

A melhora acontece enquanto 2,5 milhões de norte-americanos voltam ao trabalho após o relaxamento das restrições em meio à pandemia de coronavírus

O Departamento do Comércio informou¹, nesta terça-feira (16), que as vendas no varejo subiram 17,7% no mês passado, após queda recorde de 14,7% em abril.

O resultado superou o recorde anterior de aumento de 6,7% em outubro de 2001, quando os norte-americanos retomaram as compras após os ataques de 11 de setembro de 2001 aos EUA.

Enquanto isso, no Brasil, as vendas no comércio varejista despencaram 16,8% em abril, na comparação com o mês anterior, refletindo² os efeitos do isolamento social para conter a Covid-19.

Referências: [1][2]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.