Venezuela acusa avião militar dos EUA de violar seu espaço aéreo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A ditadura da Venezuela acusou um avião militar da Força Aérea dos Estados Unidos de violar, nesta sexta-feira (23), o seu espaço aéreo.

Em nota oficial, o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, afirma:

“A Força Armada Nacional Bolivariana denuncia a violação do espaço aéreo venezuelano por uma aeronave de transporte militar pesado C-17, pertencente à Força Aérea dos Estados Unidos, que ocorreu ontem à noite, das 20h47 (horário local; 21h47 de Brasília) até as 20h50 (21h50 de Brasília).”

A aeronave teria percorrido uma rota de aproximadamente 14 milhas náuticas sobre a região mais ocidental da Serra de Perijá, no estado de Zulia, na fronteira com a Colômbia.

Padrino completou:

“Trata-se de uma provocação flagrante que ocorre no âmbito dos exercícios militares combinados realizados pela força aérea e exército colombiano nos departamentos de Antioquia e Cundinamarca.”

Na versão da Venezuela sobre essas atividades da Colômbia, houve também a presença de aeronaves americanas, caças F-16 e aviões batedores estratégicos RC135.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.