PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Venezuela acusa Brasil de atuar em ataque na fronteira

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ministro venezuelano disse que indígenas “receberam a colaboração desonesta do governo de Jair Bolsonaro”.

Jorge Rodríguez, ministro das Comunicações da Venezuela, acusou o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, de oferecer apoio a um ataque contra militares na fronteira do país.

Na madrugada deste domingo (22), um grupo de indígenas liderado por um oficial desertor das Forças Armadas atacou uma base de infantaria na fronteira com o Brasil

Na ação, segundo informações do jornal O Globo, um militar venezuelano foi morto e outro ficou ferido. Um lote de armas também foi levado pelo grupo.

Em mensagem na rede social Twitter, Rodríguez disse que os responsáveis pelo ataque “treinaram em acampamentos paramilitares amplamente identificados na Colômbia e receberam a colaboração desonesta do governo de Jair Bolsonaro”.

Rodríguez também revelou que seis pessoas foram detidas e que algumas armas foram recuperadas: 83 fuzis AK-103, 60 granadas, um lançador de foguetes, uma bazuca, uma metralhadora e seis caixas de munição.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.