- PUBLICIDADE -

Venezuela anuncia 14 dias de ‘quarentena radical’

Brasil e outros países aplicam sanções contra ditadura Maduro

“Vamos ter 14 dias, duas semanas de quarentena radical”, diz Maduro.

- PUBLICIDADE -

A ditadura da Venezuela decretou, neste domingo (21), um confinamento de 14 dias.

As restrições começaram a partir desta segunda-feira (22) e vão se prolongar até o fim da Semana Santa. 

A medida objetiva impedir o avanço da variante brasileira do coronavírus, que provocou um aumento expressivo dos casos no país.

Em discurso transmitido pela televisão estatal, o ditador venezuelano Nicolás Maduro declarou:

“Anuncio que a Páscoa deste ano estará novamente em uma quarentena radical.”

O líder do regime venezuelano alertou para a chegada de uma segunda onda da Covid-19 “mais virulenta” do que a registrada em 2020, em decorrência do aparecimento de uma variante do vírus detectada em Manaus.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -