- PUBLICIDADE -

Venezuela deporta 59 colombianos sob acusação de terrorismo

Venezuela deporta 59 colombianos sob acusação de terrorismo
- PUBLICIDADE -

Os 59 colombianos – 58 homens e 1 mulher – foram transferidos de um avião militar de Caracas. Maduro descreveu-os como “paramilitares”.

A Venezuela iniciou, no último sábado (29), a deportação de 59 colombianos que foram detidos desde 2016 em Caracas, acusados de “terrorismo” por uma conspiração denunciada pelo ditador Nicolás Maduro.

Alfredo Romero, diretor da ONG Foro Penal, declarou:

“Eles nunca foram condenados, nunca tiveram o direito de sequer uma audiência, nunca houve um julgamento. Nós pressionamos por sua libertação […], mas a defesa no tribunal nunca foi permitida.”

Os 59 colombianos – 58 homens e uma mulher – foram transferidos de um avião militar de Caracas para Táchira, estado na fronteira com a Colômbia.

Em 1 de setembro de 2016, Maduro anunciou que seu regime tinha derrotado “uma tentativa de golpe de Estado” que queriam “tomar de assalto” o palácio presidencial de Miraflores. À época, o mandatário garantiu que tinham sido capturados 92 “paramilitares colombianos”, informa o jornal Correio Braziliense.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -