- PUBLICIDADE -

Venezuela é acusada de estimular protestos na Colômbia

Iván Duque e Nicolas Maduro
- PUBLICIDADE -

Honduras acusa Venezuela de querer impor sua agenda na América Latina.

O chanceler de Honduras, Lisandro Rosales, acusou, nesta sexta-feira (29), a ditadura da Venezuela de querer impor sua agenda às democracias da América Latina.

Rosales acusou o regime de Nicolás Maduro de estimular os protestos que ocorreram recentemente em países como Chile e Equador e acontecem neste momento na Colômbia.

Durante evento organizado pela Agência Efe e pela Casa de América, o chanceler hondurenho declarou:

“Honduras foi um dos países que deu um exemplo claro de que a democracia funciona. Fomos a dez processos eleitorais, elegemos nove presidentes em eleições livres, observadas, que com suas imperfeições nos deram um novo governo e prevaleceu sempre o entendimento entre a classe política.”

E acrescentou:

“Porém, nos últimos anos, e falo no caso de Honduras, a influência tanto do tráfico de drogas, que causa a criminalidade, como de países, como a Venezuela especificamente, que estão envolvidos em atividades institucionalizadas de tráfico de drogas, obrigam-nos a ter estas dificuldades que muitas vezes ocorrem na democracia.”

Rosales citou especificamente uma reunião em Nova York onde foi discutida a questão venezuelana, e na qual falaram representantes de Colômbia, Chile e Equador:

“Quinze dias depois tivemos protestos no Chile, onde queimaram vários edifícios; na Colômbia, que continuam neste momento, e no Equador, onde queimaram o Tribunal Superior de Contas e a Procuradoria-Geral da República.”

O chanceler de Honduras continuou:

“Isso não aconteceu de forma isolada. Partilhamos informações com alguns escritórios dos Estados Unidos e as pessoas que participaram nos protestos pós-eleitorais em Honduras em 2017 estiveram dois anos mais tarde em frente à Casa Branca protestando, as mesmas pessoas com camisas de Hugo Chávez.”

E completou:

“A influência política e a quantidade de dinheiro que têm legal e ilegalmente na Venezuela faz com que queiram impor sua agenda e intrometer-se em países que têm mantido uma democracia.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -