Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Venezuela diz que Peru não tem poder para barrar Maduro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Representante da ditadura da Venezuela declarou nesse domingo (18) que o Peru carece de poderes para vetar a participação do ditador Nicolás Maduro na Cúpula das Américas.

O chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, disse em carta enviada à sua contraparte peruana Cayetana Aljovín:

Não está atribuída, de forma alguma, à República do Peru, nem a nenhum outro Estado, a faculdade de decidir sobre a participação de nenhum Estado membro e fundador das reuniões da Cúpula das Américas.

Portanto, acrescentou o ministro, “não existe impedimento de nenhuma natureza para que a Venezuela” participe do encontro em 13 e 14 de abril.

Dias atrás, a primeira-ministra do Peru avisou que Nicolás Maduro estava proibido de entrar no país.

No entanto, a ditadura venezuelana parece estar disposta a bater de frente com o governo peruano:

Confirmamos que o presidente Nicolás Maduro Moros assistirá pontualmente (…) à cidade de Lima como representante do Povo Bolivariano da Venezuela“, destacou a nota de resposta chavista.

Segundo o chanceler Arreaza, ao Peru, como anfitrião, “só corresponde estender a cortesia do convite aos dignatários, organizar a reunião e oferecer as facilidades logísticas de segurança e resguardo aos participantes, além de garantir as imunidades e privilégios respectivos“.

Para Caracas, o governo peruano, com “evidentes motivações políticas/ideológicas“, está incorrendo em um “desrespeito aos princípios elementares do direito internacional público“.

Com informações de: [BOL]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email