Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Venezuelanos pedem a Bolsonaro que pressione Nicolás Maduro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Venezuelanos pedem a Bolsonaro que pressione Nicolás Maduro

Um grupo de venezuelanos pediu ao presidente Jair Bolsonaro que não deixasse seus compatriotas “sozinhos” e exercesse “pressão” sobre a ditadura de Nicolás Maduro.

O grupo de imigrantes da Venezuela se manifestou nesta quinta-feira (10) em frente ao Palácio do Itamaraty, na cidade de Brasília.

“Pedimos que o governo brasileiro siga o estipulado pelo Grupo de Lima e não reconheça o governo ilegítimo do ditador Maduro”, disse Alberto Palombo, responsável no Brasil do grupo ‘Soy Venezuela’, segundo a agência “EFE“.

Palombo, junto com aproximadamente 20 venezuelanos que vivem no Brasil, entregou ao Itamaraty um documento dirigido ao presidente Jair Bolsonaro e ao chanceler Ernesto Araújo denunciando a “fraude eleitoral” de 20 de maio, que o grupo opositor classifica como uma “linha vermelha” ultrapassada por Nicolás Maduro.

O grupo também pede ao governo de Bolsonaro, que foi incluído ao lado de outros qualificados como “amigos da liberdade”, que cumpra e promova o estipulado pelo Grupo de Lima – formado por Brasil e outros 13 países do continente americano – e não reconheça a posse de Maduro.

Antes da entrega do documento, os manifestantes exibiram na Esplanada dos Ministérios bandeiras e cartazes com frases como “Maduro ilegítimo” e “Não nos deixem sozinhos”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email