Português   English   Español
Português   English   Español

Venezuelanos voltam às ruas após insurreição contra Maduro

Venezuelanos voltam às ruas após insurreição contra Maduro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Milhares de venezuelanos estão protestando em várias cidades da Venezuela neste dia 1º de maio.

O presidente interino, Juan Guaidó, convocou a população da Venezuela ainda na noite desta terça-feira (30) para permanecer nas ruas em operação contra a ditadura de Nicolás Maduro.

Manifestantes estão começando a se concentrar nesta quarta-feira, dia 1º de maio, em várias áreas de Caracas e em estados do interior do país, um dia depois da tímida insurreição militar liderada pelo por Guaidó, reconhecido como presidente interino por cerca de 50 nações.

Apesar das restrições impostas pelo regime, muitos venezuelanos já conseguem acessar os sites de formas alternativas.

As típicas cenas de repressão da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) contra manifestantes já estão sendo registradas e compartilhadas por veículos de informação locais e usuários nas redes sociais.

No município de Santa Mônica, nos arredores de Caracas, jornalistas do canal NTN24 divulgaram imagens da ação de agentes da GNB contra o povo:

As manifestações populares deste 1º de Maio já tinham sido convocadas tanto pela ditadura de Nicolás Maduro como pelos seus opositores, mas se viram estimuladas pelos acontecimentos desta terça-feira (30), quando milhares de pessoas participaram de protestos para respaldar a insurreição de um pequeno grupo de militares em Caracas.

O site venezuelano Reporte Ya também compartilhou imagens de um protesto no estado de Miranda na tarde deste dia 1º:

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!