Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Verba estatal da China irriga grandes jornais dos EUA

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Dinheiro estatal da China irriga grandes jornais dos EUA
COMPARTILHE

As ações do regime chinês para promover propaganda através dos meios de comunicação norte-americanos estão vindo à tona.

Uma das principais mídias estatais da China investiu quase US$ 19 milhões em publicidade nos jornais dos Estados Unidos nos últimos quatro anos.

A informação¹ está presente em documentos arquivados no Departamento de Justiça dos EUA.

Desde novembro de 2016, o jornal China Daily, controlado pelo Partido Comunista Chinês (PCC), pagou mais de US$ 4,6 milhões ao “The Washington Post” e quase US$ 6 milhões ao “The Wall Street Journal”.

Ambos os jornais divulgaram matérias publicitárias produzidas pelo China Daily. 

Muitas das reportagens foram projetadas para parecerem com artigos de notícias reais, mas com opiniões favoráveis a Pequim acerca de eventos internacionais.

Uma publicação² de setembro de 2018, por exemplo, divulgou uma iniciativa promovida pelo mandatário chinês Xi Jinping com a manchete: “Cinturão e Rota alinha-se com os países africanos”. 

A mídia China Daily também pagou pela publicidade em vários outros jornais: 

  • The New York Times | US$ 50 mil;
  • Foreign Policy | US$ 240 mil;
  • The Des Moines Register | US$ 34,6 mil;
  • CQ-Roll Call | US$ 76 mil;
  • Los Angeles Times | US$ 657,5 mil.

Além dos jornais previamente citados, também receberam verba chinesa:

  • Seattle Times;
  • Atlanta Journal-Constitution;
  • Chicago Tribune;
  • Houston Chronicle;
  • Boston Globe.
Referências: [1][2]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.