Vereador eleito do PT picha Carrefour em Curitiba

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Vereador diz que a pichação é uma manifestação pacífica que não causa riscos à vida de ninguém.

O vereador eleito Renato Freitas (PT), de Curitiba, no Paraná, ajudou a organizar protestos em unidades da rede de supermercados Carrefour após a morte do autônomo João Alberto, de 40 anos. 

Integrante do movimento negro, segundo o site Congresso em Foco, o vereador pichou os muros de algumas lojas do Carrefour, com os dizeres: 

“A injustiça praticada em qualquer lugar ameaça a justiça em todos os lugares.”  

A frase é atribuída ao norte-americano Martin Luther King, ícone do movimento pelos direitos civis do povo negro nos Estados Unidos

Após ser duramente criticado nas redes sociais, Freitas declarou: 

“O zé povinho falador que fica aproveitando qualquer brecha para tentar nos tachar como ‘bandido’ já veio com uma foto em que estou escrevendo ‘Racistas’ num toldo velho do Carrefour, e dizendo ‘nossa senhora, sempre soube que esse rapaz não prestava, é um vândalo’. As mesmas pessoas que para não lerem o que escrevi, preferem condenar a maneira que escrevi.” 

E acrescentou: 

“As pessoas tem uma visão um pouco limitada do graffite, da pichação, muitas vezes elas preferem ver o delito, que pode ser apagado facilmente com tinta, do que ler as mensagens importantes que tentamos passar.” 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.