Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Vereador eleito do PT picha Carrefour em Curitiba

Vereador eleito do PT picha Carrefour em Curitiba
COMPARTILHE

Vereador diz que a pichação é uma manifestação pacífica que não causa riscos à vida de ninguém.

O vereador eleito Renato Freitas (PT), de Curitiba, no Paraná, ajudou a organizar protestos em unidades da rede de supermercados Carrefour após a morte do autônomo João Alberto, de 40 anos. 

Integrante do movimento negro, segundo o site Congresso em Foco, o vereador pichou os muros de algumas lojas do Carrefour, com os dizeres: 

“A injustiça praticada em qualquer lugar ameaça a justiça em todos os lugares.”  

A frase é atribuída ao norte-americano Martin Luther King, ícone do movimento pelos direitos civis do povo negro nos Estados Unidos

Após ser duramente criticado nas redes sociais, Freitas declarou: 

“O zé povinho falador que fica aproveitando qualquer brecha para tentar nos tachar como ‘bandido’ já veio com uma foto em que estou escrevendo ‘Racistas’ num toldo velho do Carrefour, e dizendo ‘nossa senhora, sempre soube que esse rapaz não prestava, é um vândalo’. As mesmas pessoas que para não lerem o que escrevi, preferem condenar a maneira que escrevi.” 

E acrescentou: 

“As pessoas tem uma visão um pouco limitada do graffite, da pichação, muitas vezes elas preferem ver o delito, que pode ser apagado facilmente com tinta, do que ler as mensagens importantes que tentamos passar.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
eder jofre dias
eder jofre dias
1 mês atrás

Estes componentes dos partidos de esquerda, não conseguem visualizar o problema e resolver dentro dos parâmetros da LEI. A lei possui dispositivo legal para punir estes delitos cometidos com punições severas . Mas antes eles preferem destruir patrimónios, promover tumultos, guerras é todo tipo de algazarras. Este tipo de procedimento poderá causar à terceiros o mesmo crime praticado pelos trabalhadores do Carrefour.

CLLS
CLLS
1 mês atrás

Mais um zero àesquerda. Se é Petralha é pilantra.

Ferrnando Fuhr
Ferrnando Fuhr
1 mês atrás

E ainda tenta se livrar da culpa, típico verme do PETE.

PUBLICIDADE