Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Vestígios de possível nova espécie de hominídeo são encontrados

Vestígios de possível nova espécie de hominídeo são encontrados
COMPARTILHE

Os ossos encontrados em caverna sul-africana parecem pertencer a quatro indivíduos distintos.

Em 2015, uma nova espécie de hominídio foi anunciada à comunidade científica: o Homo naledi.  

A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade de Witwatersrand enquanto exploravam a caverna Rising Star, na África do Sul.  

Agora, vestígios arqueológicos encontrados na mesma caverna apontam a existência de uma segunda espécie — ainda sem nome — de hominídeo por lá. 

O paleoantropólogo Lee Berger disse à revista New Scientist que foram recolhidas entre 100 e 150 evidências ósseas na caverna nos últimos meses, incluindo pedaços de crânio, escápulas, dentes e outros ossos dos membros inferiores e superiores de hominídeos.  

Os ossos encontrados parecem pertencer a quatro indivíduos distintos: 2 adultos e 2 adolescentes. 

Reprodução/Lee Berger 

Os dentes destes hominídeos, no entanto, são grandes demais para se encaixar nos padrões das espécies já conhecidas. 

Tracy Kivell, pesquisadora da Universidade de Kent, no Reino Unido, explicou que os dentes encontrados são todos grandes, enquanto os ossos do corpo são pequenos, o que remete a um hominídeo esguio.  

Apesar das evidências, ainda não é possível afirmar se as evidências encontradas na caverna pertencem ou não a uma nova espécie.  

A descoberta também ainda não foi publicada em um periódico revisado por pares.  

“Por enquanto, os pesquisadores aguardam resultados de análises que devem trazer mais informações sobre os fósseis, incluindo a idade das rochas em que os ossos foram encontrados”, destaca a revista Super Interessante

Foto: ELLIOT ROSS/NATIONAL GEOGRAPHIC MAGAZINE 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Conan
Conan
18 dias atrás

O desenvolvimento dos hominídeos, desde seus ancestrais mais longínquos a seis milhões de anos na savana africana como o Australopitecos, ate o atual Homo Sapiens, é algo fascinante!

PUBLICIDADE