Viagem de Bolsonaro não atrapalha envio da reforma dos militares

Idiomas:

Português   English   Español
Viagem de Bolsonaro não atrapalha envio da reforma dos militares
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A proposta de mudanças nas regras previdenciárias dos militares não sofrerá impacto por conta da viagem de Bolsonaro aos EUA.

O porta-voz da Presidência, general Otávio do Rêgo Barros, garantiu que a proposta sobre a previdência dos militares — prometida para ser enviada até o próximo dia 20 ao Congresso — não será afetada pela viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos entre os dias 17 e 20 de março.

Bolsonaro e uma comitiva de seis ministros, incluindo o da Economia, Paulo Guedes, irão para os Estados Unidos no dia 17 e chegarão ao Brasil no dia 20 pela manhã.

Segundo o jornal Valor Econômico, o porta-voz da Presidência afirmou:

“Ele já está ultimando, se já não ultimou, aquilo que vai ser apresentado ao Congresso no que toca aos militares e a partir daí é responsabilidade do Congresso, com seu patriotismo, seu respeito à sociedade, identificar aquilo que pode ser melhorado na proposta do presidente para logo em seguida assinar, corroborar, ratificar e tornar lei para que possamos efetivamente decolarmos como país.”

Rêgo Barros também disse que ao escolher os EUA para primeira visita de caráter bilateral, Bolsonaro deixa claro a prioridade do governo brasileiro:

“A ênfase da agenda externa é reforçar a relação com países que podem contribuir para desenvolvimento, prosperidade, bem-estar e segurança dos brasileiros.”

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque