- PUBLICIDADE -

Vice-premiê da Itália quer o fim das sanções contra a Rússia

- PUBLICIDADE -

O vice-premiê da Itália e ministro de Interior, Matteo Salvini, disse durante uma visita a Moscou na segunda-feira (16) que queria ver as sanções da União Europeia contra a Rússia derrubadas “até o final do ano”.

Salvini disse que usaria todos os meios possíveis para convencer os parceiros europeus a desfazer as sanções impostas sobre a anexação da Crimeia pela Rússia em 2014 e a atividade subsequente no leste da Ucrânia.

Em entrevista coletiva, o líder direitista da Itália declarou:

Os vetos são apenas um último recurso, mas não estou excluindo nada. A Itália é o país europeu que mais sofreu com essas sanções contra a Rússia.

Matteo Salvini disse que queria criar oportunidades para empresas de pequeno e médio porte nos dois países trabalharem juntas.

Ele também disse que o retorno da Rússia ao G7 seria “absolutamente legítimo”. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez uma sugestão semelhante no mês passado.

O novo primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, também disse em junho que seu governo defende uma “revisão” das sanções econômicas contra a Rússia.

 

Traduzido e adaptado de Digital Journal
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -