Português   English   Español

Vice-premiê da Itália recebe refugiados e ataca imigração ilegal

O líder do partido direitista Liga e vice-premiê italiano, Matteo Salvini, prometeu impedir a entrada de imigrantes ilegais na Itália, chegando a fechar os portos do País para embarcações de ONGs.

No entanto, o vice-premiê que resiste à imigração ilegal e tráfico de seres humanos não é contra ajudar refugiados genuínos, como evidenciam as cenas de Matteo Salvini recebendo dezenas de africanos recentemente evacuados da Líbia pela ONU.

51 refugiados entraram na Itália, a maioria famílias ou mulheres com filhos, que chegaram ao aeroporto militar perto de Roma.

Matteo Salvini os encontrou pessoalmente para garantir que a Itália é um “país acolhedor, generoso e solidário”.

O vice-premiê declarou:

Para mulheres e crianças em dificuldades, a única maneira de chegar é por avião, não por bote inflável, porque os botes são operados por criminosos que, em troca do tráfico de seres humanos, compram armas.

E acrescentou:

Esta é uma demonstração de que a Itália é um país acolhedor, generoso e solidário, onde me foi confiado o dever de trazer de volta algumas regras e ordem.

 

Adaptado da fonte VoE

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter