Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Vice-presidente dos EUA ameaça militares da Venezuela

Vice-presidente dos EUA ameaça militares da Venezuela
COMPARTILHE

“Se mantiverem o apoio a Maduro, não encontrarão saída fácil. Vocês perderão tudo e serão responsabilizados”, disse o vice-presidente Pence.

Em sua primeira participação no Grupo de Lima, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, fez ameaças aos militares que mantêm o ditador Nicolás Maduro no poder na Venezuela.

Durante discurso na reunião do Grupo de Lima, em Bogotá, na tarde desta segunda-feira (25), Pence alertou:

“Todas as opções estão na mesa. Para quem apoia Maduro, tenho um recado do presidente [Donald] Trump: Vocês podem apoiar a oferta generosa de anistia do presidente interino, Juan Guaidó, e viverem no seu país em paz. Mas, se mantiverem o apoio a Maduro, não encontrarão saída fácil. Vocês perderão tudo e serão responsabilizados.”

O vice deDonald Trump agradeceu ainda Brasil e Colômbia pelo apoio nas ações na fronteira para a entrada de ajuda humanitária e anunciou US$ 56 milhões para os países “aliados” que apoiam a pressão contra Maduro.

Pence pediu ainda para que os países da América Latina congelem os ativos da PDVSA, a petrolífera estatal venezuelana, e passem o controle destes ativos para o líder opositor Juan Guaidó.

Ainda eu seu discurso, segundo a UOL, Pence acrescentou:

“O socialismo está morrendo, e a liberdade, a prosperidade e a democracia renascem diante de nossos olhos. O presidente Trump me pediu para transmitir uma mensagem ao presidente Guaidó: estamos com você e estaremos até que a liberdade e a democracia voltem.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários