Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Vida selvagem floresce em zona radioativa no Japão

Vida selvagem floresce em zona radioativa no Japão
Imagem: Reprodução/DailyMail
COMPARTILHE

Pesquisadores registraram imagens de mais de 20 espécies nos arredores de uma usina nuclear abandonada.

Apesar de os humanos terem sido evacuados de certas zonas ao redor da usina nuclear Fukushima Daichii, no Japão, a vida selvagem está florescendo na zona de exclusão.

Imagens de câmeras operadas remotamente revelaram mais de 20 espécies em áreas ao redor do reator, incluindo javalis, macacos e cães-guaxinim.

As descobertas ajudarão os pesquisadores a revelarem como os animais selvagens respondem após um desastre nuclear de proporções catastróficas, como os que ocorreram em Fukushima e em Chernobyl, na Ucrânia.

O ecologista James Beasley, da Universidade de Georgia, nos Estados Unidos, declarou:

“Nossos resultados representam a primeira evidência de que inúmeras espécies de animais selvagens agora são abundantes em toda a zona de evacuação de Fukushima, apesar da presença de contaminação radiológica.” 

A equipe de Beasley implantou uma rede de 106 câmeras remotas para capturar imagens da vida selvagem na área em torno da usina de Fukushima durante um período de quatro meses.

Após mais de 267 mil fotos registradas, as câmeras capturaram imagens de mais de 20 espécies — entre as quais raposas, lebres e faisões japoneses, informa o jornal DailyMail.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE