Português   English   Español

Senadores querem investigar vínculos entre ditadura Maduro e narcotráfico

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Dois senadores norte-americanos pediram na quarta-feira (24/01) que o Departamento de Justiça dos EUA investigue as denúncias de tráfico de drogas envolvendo altos funcionários da ditadura venezuelana de Nicolás Maduro.

Numa carta ao procurador-geral norte-americano, Jeff Sessions, o senador republicano Marco Rubio e o democrata Robert Menendez disseram que estavam preocupados com as possíveis conexões entre a ditadura Maduro e facções do narcotráfico, e queriam uma investigação “para entender melhor o nexo entre elementos criminosos e membros do círculo íntimo de Maduro”.

De acordo com informações da Epoch Times:

Rubio é presidente do subcomitê do hemisfério ocidental do Comitê das Relações Exteriores do Senado, e Menendez é seu homólogo democrata no mesmo órgão. Ambos os legisladores são críticos fortes do governo atual da Venezuela.

Em sua carta, eles suscitaram preocupações de que a situação na Venezuela poderia desestabilizar a região.

O Ministério da Informação venezuelano não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. No passado, Maduro rejeitou as acusações de tráfico de drogas como uma campanha de difamação de Washington, acrescentando que os Estados Unidos são responsáveis ​​pelo tráfico de drogas porque seriam um mercado tão grande para os narcóticos ilegais.

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações