- PUBLICIDADE -

Violência por charges não é justificável, diz Macron

COLUNA: O globalismo ataca o Brasil e Macron é o seu moleque de recado

“Nossas liberdades, nossos direitos, considero que é nossa vocação protegê-los”, diz Macron.

- PUBLICIDADE -

O presidente Emmanuel Macron, da França, afirmou que a publicação de caricaturas de Maomé não é justificativa para atos de violência.

Em uma entrevista ao canal árabe Al Jazeera, neste sábado (31), Macron declarou:

“Entendo que as pessoas podem ficar chocadas com as charges, mas nunca aceitarei que justifique a violência. Nossas liberdades, nossos direitos, considero que é nossa vocação protegê-los.”

A entrevista será exibida em vários idiomas, incluindo árabe e inglês. A emissora tem ampla audiência nos países do Oriente Médio e do Magreb.

Esta é a primeira entrevista concedida por Macron desde o início da onda de ataques contra a França, que explodiu com a decapitação do professor Samuel Paty, que havia exibido as caricaturas para seus alunos.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -