- PUBLICIDADE -

Vítima de erupção teve cérebro transformado em vidro

Vitima de erupcao teve cerebro transformado em vidro
Imagem: Reprodução/Pierpaolo Petrone
- PUBLICIDADE -

As temperaturas registradas na hora da erupção podem ter chegado a 520 graus, transformando cérebro humano em vidro. 

A mais violenta erupção do Monte Vesúvio, na Itália, foi registrada no ano 79 d.C..

O forte calor gerado pela erupção transformou o cérebro de uma das vítimas em vidro, segundo estudo publicado no New England Journal of Medicine, na última quinta-feira (23).

A descoberta foi feita durante a análise de um crânio encontrado por arqueólogos nas ruínas de Herculano, nas proximidades do vulcão, na década de 1960.

A pesquisa revelou que o material negro achado no interior da cabeça era na verdade o cérebro do homem transformado em vidro, por meio de um processo conhecido como vitrificação, informa o site Tec Mundo.

Fragmentos do material encontrado no crânio da vítima | Imagem: New England Journal of Medicine/Reprodução

As temperaturas registradas na hora da erupção podem ter chegado a 520 graus

De acordo com os pesquisadores responsáveis pelo estudo, o calor fez com que as substâncias contidas no cérebro humano se transformassem em vidro, em um processo que incluiu também o resfriamento natural do material, posteriormente.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -