- PUBLICIDADE -

Vladimir Putin decreta quarentena na Rússia por coronavírus

Putin diz que países ao lado de Juan Guaidó são 'loucos'

- PUBLICIDADE -

“Acreditem em mim, a coisa mais segura agora é ficar em casa”, disse Putin.

Vladimir Putin, presidente da Rússia, anunciou, nesta quarta-feira (25), que o país viverá uma quarentena obrigatória por conta do avanço do novo coronavírus pelo país.

O período de isolamento acontecerá entre 28 de março e 5 de abril.

Em pronunciamento pela televisão, Putin afirmou que os russos devem “ficar em casa”.

O chefe do Kremlin acrescentou que todos os serviços não essenciais devem ser fechados por todo o território.

Putin também garantiu que os setores-chave do país, como os serviços médicos, transportes, bancos e alguns departamentos do setor público, permanecerão em pleno funcionamento.

Durante o discurso, Putin declarou:

“Agora é extremamente importante prevenir a ameaça da rápida difusão da doença. Por isso, a próxima semana será uma semana de férias, onde prevemos o pagamento do salário.”

E, segundo a revista IstoÉ, acrescentou:

“Todas as recomendações devem ser seguidas. Precisamos proteger a nós mesmos e os nossos vizinhos. Acreditem em mim, a coisa mais segura agora é ficar em casa.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -