Voos com Boeing 737 Max suspensos em 11 países

Idiomas:

Português   English   Español
Voos com Boeing 737 Max suspensos em 11 países
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Companhias aéreas de ao menos 11 países suspenderam de forma temporária a circulação do Boeing 737 Max, após a queda de um avião do modelo no domingo.

Um total de 68 companhias aéreas e empresas de leasing ao redor do mundo utilizam ou adquiriram o 737 MAX, da Boeing.

De acordo com o site da fabricante, pelo menos quatro empresas na América Latina utilizam ou estão prestes a iniciar voos com a aeronave: Aeromexico, Copa Airlines, do Panamá, Aerolíneas Argentinas e a brasileira Gol.

Nesta terça-feira (12), a Boeing reafirmou a confiança nos padrões de segurança do avião 737 Max.

A fabricante diz que tem “total confiança” no jato e que não há razão para mudar instruções dadas às aéreas sobre como operar o modelo.

Reino Unido, Alemanha e França suspenderam a operação da aeronave. Anteriormente, China, Indonésia, Austrália e Cingapura também fecharam seus espaços aéreos para o Boeing 737 Max.

Ontem (11), a Fundação Procon-SP recomendou que a Gol suspenda de imediato a operação das aeronaves deste modelo.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...