- PUBLICIDADE -

‘Votei contra o PT’, diz Amoêdo ao explicar voto em Bolsonaro

Bolsonaro não vai pedir apoio de João Amoêdo
- PUBLICIDADE -

Amoêdo criou o partido Novo em 2011. Semana passada ele abandonou o comando da sigla.

O empresário João Amoêdo surpreendeu o mundo político na última semana ao renunciar ao comando do partido Novo três anos antes do fim do mandato.

Em entrevista publicada pelo jornal Estadão, nesta segunda-feira (9), Amoêdo disse que pretende continuar no cenário político, mas que abriu mão do cargo em nome da renovação:

“A gente sempre fala no Novo como uma instituição que precisa ter renovação dos seus quadros. O partido é baseado em princípios, ideias e valores, e não necessariamente em uma única figura. Minha decisão causou surpresa porque não é uma conduta tradicional nos partidos políticos. Vou continuar ajudando o partido. Vou manter uma participação na vida política do Brasil.”

Amoêdo também explicou o motivo do seu voto em Jair Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2018:

“Votei contra o PT. Não me arrependi porque não tinha opção. Achava pior votar nulo ou no PT. Não me surpreende a falta de capacidade administrativa dele, dado o histórico de 28 anos no Congresso.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -