Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Voto de Rosa Weber abre caminho para derrota da Lava Jato

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Voto de Rosa Weber abre caminho para derrota da Lava Jato

A jurisprudência atual admite a execução antecipada de pena. Futura decisão do STF pode modificar este cenário.

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, votou, nesta quinta-feira (24), contra a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.

O voto de Rosa abre caminho para que o Supremo mude a atual jurisprudência e, eventualmente, imponha uma derrota histórica à Operação Lava Jato.

Rosa acompanhou o entendimento do relator, ministro Marco Aurélio Mello, e se posicionou a favor de réus condenados pela Justiça aguardarem em liberdade até o esgotamento de todos os recursos.

O resultado do julgamento do STF pode beneficiar o ex-presidente Lula da Silva (PT) e dezenas de outros presidiários.

Apesar do placar provisório de 4 a 3, a expectativa é a de que vai haver uma reviravolta, com a formação de uma maioria para a revisão da atual jurisprudência.

Isso porque os ministros Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Gilmar Mendes — que ainda não votaram — já se mostraram contrários à prisão após condenação em segunda instância, informa o jornal Estadão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email