- PUBLICIDADE -

Voto impresso pode criar caos nas eleições do Brasil, diz Barroso

Barroso pede para TSE esclarecer cancelamento de título de eleitores
- PUBLICIDADE -

O ministro do TSE fez uma defesa enfática do atual sistema de votação utilizado no Brasil.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, alertou, nesta quarta-feira (6), contra a aprovação do voto impresso no Congresso Nacional.

Barroso disse que o voto auditável pode criar o “caos” no sistema eleitoral do Brasil e gerar um “desejo de judicialização” das eleições.

Saiba mais detalhes:

  • A declaração ocorreu em entrevista à emissora GloboNews.
  • O ministro do TSE fez uma defesa enfática do atual sistema de votação utilizado no Brasil.
  • O nosso sistema de voto em urna eletrônica é totalmente confiável“, afirmou Barroso.
  • Barroso disse ainda que o voto impresso abriria margem para grande quantidade de pedidos de recontagem de votos.
  • Eu acho, sim, que o voto impresso, cédula, impresso pela urna, vai criar desejo imenso de judicialização do resultado das eleições“, acrescentou.
  • O voto impresso vai permitir que cada candidato que queira questionar o resultado peça a conferência dos votos. Vai contratar os melhores advogados eleitorais do país para buscar uma nulidade, alguma inconsistência e vai questionar oficialmente o resultado das eleições. E aí nós vamos ter mais um nível de judicialização no país, que vai ser o resultado das eleições, vai ser produto de uma decisão judicial“, completou.
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -