Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Washington Post não pediu impeachment de Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Washington Post não pediu impeachment de Bolsonaro
COMPARTILHE

Boatos sugerem que o jornal dos EUA pediu o impeachment de Bolsonaro por causa da condução da crise do coronavírus. 

O nome do jornal norte-americano The Washington Post está no centro de uma nova fake news propagada por opositores do presidente da República, Jair Bolsonaro

Além de ser um dos principais críticos do presidente Donald Trump e de seus aliados, o veículo de comunicação é conhecido por abrir espaço para colunistas alinhados à esquerda do espectro político, inclusive de outros países.

Neste domingo (29), a antropóloga brasileira Rosana Pinheiro-Machado, que também é colunista do site The Intercept, publicou um artigo de opinião no Post intitulado “Bolsonaro está colocando em risco o Brasil. Ele deve sofrer impeachment”.

Poucos minutos após a publicação da coluna, a opinião da professora passou rapidamente a ser relacionada com a opinião do próprio jornal.

O consultor da UNESCO, Eliseu Neto, afirmou categoricamente que o texto era o posicionamento da empresa do bilionário Jeff Bezos, que também é dono da Amazon.

“Até o Washington Post já se posiciona a favor do impeachment”, diz a jornalista e suplente de deputado federal do PSOL, Andréa Werner, também em mensagem no Twitter.

O blog petista Diário do Centro do Mundo (DCM) cravou a opinião da professora brasileira como a do jornal dos EUA na manchete de uma matéria:

“O Washington Post, por exemplo, pede em editorial o afastamento do presidente brasileiro”, diz o jornalista Lula Falcão.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.