- PUBLICIDADE -

Weintraub é reeleito como diretor-executivo do Banco Mundial

Não podemos errar com as escolas cívico-militares diz Weintraub

Ex-ministro do governo Bolsonaro ocupava a diretoria-executiva do banco como substituto.

- PUBLICIDADE -

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi reeleito para o cargo de diretor-executivo do conselho do Banco Mundial.

O mandato de dois anos começa no domingo, 1º de novembro.

O ex-ministro foi eleito como representante de Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago.

O anúncio foi publicado pela instituição financeira em comunicado divulgado nesta sexta-feira (30).

De acordo com o comunicado:

“O Banco Mundial confirma que o Sr. Abraham Weintraub foi reeleito pelo grupo de países (conhecido como constituency) representando Brasil, Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago para ser Diretor-Executivo no Conselho do Banco. O Sr. Weintraub cumprirá um mandato de dois anos, com início em 1º de novembro de 2020.”

Ainda segundo o texto:

“Diretores-executivos não são funcionários do Banco Mundial. Eles são nomeados ou eleitos pelos representantes dos nossos acionistas.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -