Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Weintraub na mira do STF por suposto racismo contra chineses

Abraham Weintraub volta a defender educação básica
COMPARTILHE

Weintraub culpou a China pela pandemia do novo coronavírus. País asiático não gostou.

Celso de Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, nesta quarta-feira (29), abertura de inquérito contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, por suposto crime de racismo.

O pedido havia sido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

No início deste mês, Weintraub compartilhou nas redes sociais uma imagem do personagem Cebolinha, da Turma da Mônica, na Muralha da China.

O post, no entanto, foi excluído, mas o ministro deixou claro que não estava arrependido da publicação, como noticiou a RENOVA.

Weintraub culpa a China pela pandemia do novo coronavírus e afirma que o país asiático pode estar se beneficiando da situação.

Em resposta aos comentários de Weintraub, a Embaixada da China no Brasil acusou o ministro de racismo e chamou as declarações de Weintraub de “desprezíveis”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE