- PUBLICIDADE -

Weintraub não pode escolher lugar e hora pra depor, diz Celso

Weintraub não pode escolher lugar e hora pra depor, diz Celso

- PUBLICIDADE -

Celso afirma que Weintraub não tem o direito de escolher o dia e o horário para ser ouvido pela PF.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, rejeitou, nesta quarta-feira (3), um pedido apresentado pela defesa do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

O depoimento do titular do MEC está marcado¹ para acontecer nesta quinta-feira (4), às 15h.  

Weintraub queria adiar o depoimento dele à Polícia Federal (PF) por suposto crime de racismo após comentários sobre a China nas redes sociais.

No início de abril, o ministro insinuou em uma rede social que o regime comunista em Pequim poderia se beneficiar, de propósito, da crise mundial causada pandemia de coronavírus

Em sua decisão², Celso afirma que Weintraub não tem o direito de escolher o dia e o horário para ser ouvido pela PF, uma vez que essa prerrogativa é dada apenas “às testemunhas e às vítimas”.  

“Sua inquirição deverá ocorrer independentemente de prévio ajuste entre esse investigado e a autoridade competente quanto ao dia, hora e local para a realização de referido ato”, disse³ o decano.

Referências: [1][2][3]

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -