- PUBLICIDADE -

Weintraub pede aos alunos da área de saúde para voltarem às aulas

Weintraub sugere legislação para definir escolha de reitores

- PUBLICIDADE -

Universidades públicas e faculdades particulares suspenderam as atividades de ensino de todas as graduações.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, pediu, nesta terça-feira (17), aos alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia para voltarem às aulas.

Weintraub conta com a ajuda dos estudantes para atender os “brasileiros doentes” com a nova variante de coronavírus

Em vídeo publicado no Twitter, o ministro disse que governadores e reitores se “anteciparam” ao suspender as atividades acadêmicas:

“Alguns governadores, prefeitos, reitores, gestores de boa fé, escutando o que está acontecendo no mundo, se anteciparam e suspenderam as aulas.  Só que eu preciso dos alunos de volta às aulas, eu preciso que revejam a decisão nos departamentos de saúde. Eu preciso não só dos alunos, mas dos professores, técnicos e secretários dessas áreas. Para que eu possa acionar esses alunos para enfrentar e assistir os brasileiros que ficarem doentes.”

E acrescentou:

“Tenho certeza que nós brasileiros, juntos, vamos dar uma lição para o resto do mundo de como uma nação se comporta diante de um desafio como esse.”

Confira o vídeo da declaração de Abraham Weintraub:

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -