- PUBLICIDADE -

Wesley Batista denunciado por usar delação para lucrar no mercado

Wesley Batista denunciado por usar delação para lucrar no mercado
- PUBLICIDADE -

Empresário aproveitou a divulgação de delação premiada para lucrar com operações cambiais no ano de 2017.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou mais uma vez o empresário Wesley Batista pelo crime de insider trading, o uso de informações privilegiadas para a obtenção de ganhos no mercado financeiro.

Wesley comandou operações cambiais da Seara Alimentos e da Eldorado Celulose em maio de 2017, quando o acordo de colaboração premiada que ele e o irmão Joesley Batista haviam firmado com o MPF ainda estava sob sigilo.

Após a divulgação das delações, a moeda dos Estados Unidos teve alta expressiva, o que rendeu ao empresário quase R$ 70 milhões a partir dos contratos de dólar negociados dias antes, informa o jornal Metrópoles.

Relatórios periciais da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e da Procuradoria-Geral da República (PGR) demonstraram a atipicidade das transações realizadas.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -