Português   English   Español

WhatsApp não baniu 100 mil contas a favor de Jair Bolsonaro

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O presidenciável Fernando Haddad (PT) continua espalhando notícias falsas enquanto acusa o seu adversário de ser responsável por uma campanha de difamação via WhatsApp.

Em post na manhã deste sábado (20), 0 candidato do PT disse que o aplicativo de mensagens WhatsApp “baniu 100 mil contas ligadas a Bolsonaro”.

A informação é falsa e se trata de mais uma fake news espalhada por Fernando Haddad (PT) em sua tentativa de deslegitimar a provável vitória de Jair Bolsonaro (PSL) nas ruas.

O WhatsApp baniu nesta sexta-feira (19) contas brasileiras que supostamente enviavam pacotes de mensagens consideradas spams, mas em nenhum momento indicou que os números banidos estavam relacionados com a candidatura de Bolsonaro.

De acordo com informações do Poder 360:

Assim como o Facebook, que é proprietário do programa, a empresa tenta frear as mensagens desinformativas com conteúdo político que podem confundir os eleitores e influenciar a eleição brasileira.

Em nota, a companhia afirmou que o aplicativo conta com tecnologia para detectar as mensagens com conteúdo publicitário que não foram requeridas pelo usuário.

Mesmo sem a empresa mencionar o envolvimento do candidato do PSL na exclusão das contas, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também utilizou a fake news para impulsionar a narrativa do WhatsApp.

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...