Português   English   Español

Wikileaks oferece US$ 1 milhão pelo famoso memorando

Todos querem colocar as mãos no memorando que alegadamente comprova a espionagem contra Trump pelo governo de Barack Obama.

Na quinta-feira (18/01), ficamos sabendo sobre o memorando de quatro páginas que está circulando pelo Congresso dos EUA e supostamente comprova o abuso dos serviços de inteligência durante a era Obama contra a campanha presidencial de Donald Trump.

Segundo vários deputados, o conteúdo do memorando é tão explosivo que poderia levar à prisão de altos funcionários do FBI e do Departamento de Justiça e, inclusive, enterraria de uma vez por todas a investigação Trump-Rússia liderada pelo procurador-especial Robert Mueller.

Na sexta-feira (19/01), a hashtag #ReleaseTheMemo ficou durante o dia todo entre os tópicos mais comentados do twitter norte-americano. Até mesmo o filho mais velho do presidente, Donald Trump Jr., pediu para o documento ser divulgado ao público.

Apesar da grande mídia está mantendo o assunto fora dos holofotes, a repercussão está gigantesca com todo mundo querendo colocar as mãos no memorando.

O Wikileaks não ficou fora dessa e anunciou no twitter que está oferecendo 1 milhão de dólares em bitcoin para alguém que vazar uma cópia do documento.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter