Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Witzel comenta sobre possível delação de ex-secretário da Saúde

Delator de operacao da PF indica suposto caixa 2 de Witzel
Imagem: Tânia Rego/Agência Brasil
COMPARTILHE

“Minha trajetória de vida fala por mim. Jamais me desviei do caminho da lei”, disse Witzel.

Edmar Santos, ex-secretário de Saúde da gestão de Wilson Witzel, está muito perto de fechar um acordo de delação com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Santos prometeu entregar um conjunto de provas que revelariam a participação do governador do Rio de Janeiro no esquema que mandou para a cadeia a cúpula da Saúde no estado, incluindo o ex-secretário, que foi preso na última sexta-feira (11).

O acordo, no entanto, ainda não foi homologado, mas já está repercutindo intensamente na imprensa. 

Ao comentar no Twitter sobre o possível acordo de delação, Witzel declarou:

“Com relação às informações divulgadas pela imprensa sobre um possível acordo de delação do ex-secretário Edmar Santos com a PGR, reafirmo, com serenidade e firmeza, o meu compromisso com a população do RJ de governar com ética e transparência.” 

E acrescentou:

“Minha trajetória de vida fala por mim. Jamais me desviei do caminho da lei e, desde janeiro de 2019, do objetivo de reerguer o nosso Estado. Nem eu e nem ninguém pode ser acusado de qualquer irregularidade sem prova.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários