Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Witzel critica proximidade entre Bretas e Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Witzel critica proximidade entre Bretas e Bolsonaro
Imagem: Reprodução/Instagram
COMPARTILHE

Bretas é responsável pelas ações em primeira instância da Lava Jato fluminense. Membros do governo Witzel estão na mira. 

Alvo de acusações do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), o juiz federal Marcelo Bretas tem um histórico de amizade e apoio ao ex-colega de toga, do qual agora se tornou desafeto.

Nesta terça-feira (19), Witzel disse¹ à CNN Brasil que as recentes decisões judiciais de Bretas contra integrantes do seu governo são “ilações”:

“[Bretas] Apagou todas as fotos que tinha comigo na internet. É preciso avaliar a decisão [dele], essa ilação. Até onde eu li, é extremamente frágil.”

Witzel fez questão de lembrar que Bretas é investigado pelo TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) por suposta atividade político-partidária ligada ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

No dia 15 de fevereiro, Bretas compareceu à inauguração de uma alça de acesso à Ponte Rio-Niterói e até posou ao lado de Bolsonaro e outros políticos. 

Por esse motivo, o juiz virou alvo² de um processo administrativo disciplinar, aberto a pedido do corregedor nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Humberto Martins. A ação corre em sigilo.

Referências: [1][2]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.