Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Witzel defende impeachment de Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Evidente que Bolsonaro nao se preparou diz Witzel
Imagem: Pedro Ladeira/ Folhapress
COMPARTILHE

“Nós não podemos aceitar que um presidente da República […] compartilhe esse tipo de vídeo”, diz Wtizel.

Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro, defendeu, nesta quinta-feira (27), o impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro.

A jornalista Vera Magalhães acusou Bolsonaro de usar seu celular pessoal para disparar, via Whatsapp, para um grupo de amigos, um vídeo que convoca apoiadores a irem às ruas no dia 15 de março.

Bolsonaro não negou ter feito o compartilhamento e disse que “troca mensagens de cunho pessoal, de forma reservada”.

Segundo o jornal Estadão, Witzel disse que “a resposta jurídica para isso é o impeachment”:

“Quer fazer (manifestação) em caráter privado? Renuncie à Presidência da República e pode fazer em caráter privado.”

E acrescentou:

“Enquanto ele for presidente, o que ele fala, o que ele faz, o que ele comunica, para quem quer que seja, é uma comunicação do presidente da República e nós não podemos aceitar que um presidente da República, diante de um movimento destrutivo da democracia, compartilhe esse tipo de vídeo.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM