Português   English   Español

Witzel entra na mira da PGR por defender ‘abate’ de bandidos armados

Witzel entra na mira da PGR por defender 'abate' de bandidos armados
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em diversas oportunidades, o governador do Rio defendeu que policiais atirem para matar ao verem criminosos armados.


A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu investigação preliminar para apurar possíveis crimes cometidos pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), em razão de reiteradas declarações em defesa do “abate” de criminosos armados durante operações policiais.

A decisão foi tomada na última sexta-feira (3) após a PGR receber ao menos três representações — todas do PSOL — contra Witzel por esse motivo.

No fim de abril, o Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) também protocolou uma representação contra o governador fluminense.

É a primeira vez na história que a entidade –principal conselho do Ministério da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos composto por integrantes da sociedade civil e do poder público– denuncia um governante ao Ministério Público Federal por possíveis violações aos direitos humanos, informa o UOL.

Segundo a PGR, o procedimento aberto irá apurar se há indícios para a abertura de um inquérito, etapa na qual Witzel se tornaria formalmente investigado.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...