YouTube dará mais visibilidade ao conteúdo da grande mídia

A maior plataforma de vídeos do planeta vai começar a colocar vídeos da grande mídia no topo do feeds dos usuários.

O YouTube também está investindo US $ 25 milhões em doações para organizações de notícias que desejam expandir suas operações de vídeo na plataforma, como parte de um programa maior de US $ 300 milhões patrocinado pelo Google, sua empresa irmã.

De acordo com executivos do YouTube, o objetivo é identificar “fontes de notícias autorizadas”, trazer esses vídeos para o topo dos feeds dos usuários e apoiar o “jornalismo de qualidade” com ferramentas e recursos que ajudarão as organizações de notícias a atingir mais efetivamente seu público.

Segundo os funcionários da empresa, o desafio é definir o que é jornalismo de qualidade nesta época em que o público parece mais dividido do que nunca em quais fontes de notícias confiar – ou se deve confiar na indústria de notícias tradicional.

Entre as muitas mudanças que o YouTube anunciou recentemente estão ajustes substanciais nas ferramentas usadas para recomendar vídeos relacionados a notícias.

Nas próximas semanas, a plataforma começará a exibir um painel de informações com vídeos sobre notícias importantes, que incluirá um link para um artigo que o Google News considera ser o mais relevante sobre o assunto.

O YouTube também está expandindo um recurso, disponível atualmente em 17 países, que aparece na página inicial durante os eventos de grande relevância. Esta seção da página inicial exibirá apenas vídeos de fontes que o YouTube considera de qualidade.

 

Traduzido e adaptado de Wired
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia