Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Youtube remove canais conservadores “por engano”

COMPARTILHE

Os novos moderadores do YouTube, contratados para detectar vídeos falsos e extremistas, tropeçaram em um de seus primeiros grandes testes, removendo erroneamente vários vídeos e canais de direita.

Depois de um ano de crise envolvendo materiais inapropriados no maior site de vídeo do mundo, a divisão do Google disse em dezembro que alocaria mais de 10 mil funcionários para moderar o conteúdo publicado no site.

Na sequência do massacre em escola na Flórida, alguns moderadores do YouTube removeram erroneamente vários vídeos e canais direitistas, conservadores e de lojas pró-armas.

Diversos canais denunciaram que suas contas foram removidas inteiramente. Na quarta-feira (28), o site Outline destacou os principais canais removidos pelos moderadores do Youtube.

A exclusão completa de canais marca uma mudança política do YouTube, que normalmente apenas remove contas em circunstâncias extremas e concentra as ações disciplinares contra vídeos específicos.

Para contornar a situação, o Youtube divulgou um comunicado alertando que “erros” podem ter sido cometidos:

À medida que trabalhamos para contratar rapidamente e acelerar nossas equipes de aplicação de políticas ao longo de 2018, os membros mais novos podem aplicar incorretamente algumas de nossas políticas resultando em remoções equivocadas. Continuaremos a aplicar nossas políticas existentes em relação a conteúdos nocivos e perigosos, elas não mudaram. Retornaremos todos os vídeos que foram removidos por erro.

Até o canal da Infowars, maior mídia independente dos Estados Unidos, sofreu punições e também corre o risco de ser removido nos próximos dias.

Com informações de: [Bloomberg]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE