Morre youtuber quer disse ter curado câncer com dieta vegana

Segundo a sobrinha Liz Johnson, com quem dividia o canal “Liz & Mari”, a doença espalhou pelo sangue, fígado e pulmões e a norte-americana acabou morrendo em dezembro do ano passado.

A youtuber vegana Mari Lopez foi diagnosticada com câncer de mama em 2015 e, em seu canal, dizia aos 11,7 mil inscritos que tinha substituído o tratamento tradicional por uma alimentação que exclui qualquer tipo de alimento de origem animal.

Começou o “seu tratamento” com uma desintoxicação do organismo a base de suco, que durou 90 dias. E, em quatro meses, ela disse ter se curado e atribuiu a vitória “ao novo regime” e a “Deus”.

Em vídeo intitulado “Perguntas frequentes sobre a transformação do câncer“, Mari declarou:

É minha escolha, estou bem, não morri e não estou no hospital. Acabou. Sinto isso no meu espírito e no meu corpo.

Em entrevista ao Newsweek, a Sociedade Americana do Câncer alertou para os métodos de tratamento não comprovados:

Desconfie de qualquer tratamento que diga que pode curar o câncer. Suspeite de um tratamento que pode curar todos os tipos de câncer e outras doenças que são difíceis de tratar.

Segundo o órgão, grande maioria dos produtos e das práticas com essas características não “é comprovada”.

 

Com informações de: [UOL]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *