Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Zuckerberg aparece em vídeo manipulado com a técnica deepfake

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Zuckerberg aparece em vídeo manipulado com a técnica deepfake
COMPARTILHE

A produção utiliza uma técnica chamada “deepfake”, que utiliza inteligência artificial para manipular os movimentos e as falas das pessoas.

Um vídeo na rede social Instagram mostra o que aparenta ser o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, fazendo um pronunciamento controverso.

No vídeo falsificado, Zuckerberg declara:

“Imagine por um segundo: um homem com controle total sobre dados roubados de bilhões de pessoas; todos seus segredos, suas vidas e seus futuros. Eu devo tudo isso à Spectre. A Spectre me mostrou que quem controla os dados, controla o futuro.”

O chefe do Facebook jamais proferiu as palavras acima, mas a tecnologia “deepfake” dá um caráter tão real à imagem que um internauta desavisado pode acreditar piamente no que está assistindo.

A tecnologia vem se transformando em uma verdadeira dor de cabeça para as redes sociais. Confira o vídeo abaixo:

Os artistas Bill Posters e Daniel Howe se juntaram à empresa de publicidade Canny para fazer o vídeo, informa o site Olhar Digital.

Os algoritmos usam imagens reais de Zuckerberg, que são combinadas com os movimentos do rosto de outra pessoa para fazer parecer real.

O vídeo original é de 2017. A Spectre, mencionada na produção, não é nada além de uma exposição de arte que ocorreu em Sheffield, no Reino Unido.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM